10.12.06

Querido Pai Natal:

Neste ano não mereço nada que não tivesse merecido nos outros anos, de facto não me portei melhor ou pior. Fiz o que tinha a fazer, agi em conformidade com tudo o que me diz alguma coisa, e observei em como o tempo passa por nós e quando nos apercebemos já pensamos,agimos,e falamos de forma diferente.
Sabes perfeitamente que nunca acreditei em ti, sei desde miúda pequena que quem traz os presentes é o pai e o dinheirinho que ele ganha. Tu já estás muito velhote, e essas forças mal dão para pensar, quanto mais para viajar pelo mundo inteiro como tentam as pessoas apregoar. Mas confesso que é bem jogado da tua parte ganhar uns trocos quando os media te dão tempo de antena e vão até á tua suposta casa,aldeia,país e afins.
Aqui em casa, sempre vivemos esta quadra com o maior espírito possível, respeitando todas as tradições, e vivendo em êxtase nos minutos que antecedem a meia noite. Independentemente de quem as traz e de como elas chegam até mim, o que interessa mesmo são as prendas.
É por esta altura que deve estar com o seu maior bloco de notas, com uma caneta acabadinha de estrear e preparado para a lista de prendinhas que espero, no mínimo, ter no meu sapatinho.
Pois que este ano queria, uma mala gira e versátil que combine com todas as minhas vestimentas e que seja á prova de todos os tipos de clima, uma pregadeira borboleta (só aquela tal que já te falei),o conjunto de pastilhas da sephora, umas roupitas, o relógio da swatch das cerejas, dinheirinho vivo e acabadinho de sair da máquina, sabrinas, ténis, conjunto cheiroso e de sabor irresistível (morango) da body shop, dvd do filme memórias de uma gueixa, cd da Lila Downs, o la cantina ( o que é bom, deve adquirir-se), uns miminhos da oficina d'encantar, resumindo.. predinhas originais, únicas, personalizadas.
A ver vamos se este ano tudo chega a este lado e finalmente me vê satisfeita. Não é que o dinheirinho que me tem entregue nos últimos anos me deixe descontente, mas sabe, esta minha mania de ser excessivamente poupada não me permite que o use, em pequenas coisas como algumas que aqui estão pedidas.
Os pedidos não são nada complicados e até são baratinhos. Aposto que aquelas temíveis pestes lhe exigem muito mais, por isso é favor de não desiludir esta alminha.
Garanto-lhe que também consigo um minutinho de antena para fazer o meu manifesto anti-pai Natal. Já imaginou como deixaria os pequenos tristes e desiludidos?
Toca a mexer, com os meus pedidos, não há tempo a perder...

7 comentários:

Ana disse...

Saíste-me cá uma pedinchona... Se bem que a cena da mala que dá com tudo é o meu sonho... LOL

Este ano reneguei à veia consumista do Natal... E por falar nisso, mesmo não tendo nada a ver... amanhã vou comprar as minhas fitas!;)

a lice disse...

Boa selecção de prendas!

Beijinhos de boa semana!

Anónimo disse...

Vamos lá ver se ele é amigo..

*

Miguel disse...

Qual é a tua morada para mandar o Pai Natal passar ai, ok ...!?

Bjks da Matilde e Cª!

Marco Ferreira disse...

Não pedes pouco ... já agora pede alguma coisa para os amigos dos blogues.

marinheiroaguadoce a navegar

Joana disse...

Tao gira a tua carta!
O cd da Lila Downs acho uma excelente escolha até porque a adoro!
:)

Espero que tenhas tudo no sapatinho e se calhar até pode ser que mais algumas surpresas! :)

Anónimo disse...

eu pedi metade das coisas que tu pediste e não recebi nem metade.
sou pobrezinha em materiais mas rica em saudade e felicidade.
pipa^

 

blogger templates | Make Money Online