17.7.06

Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo.
Morre lentamente quem destrói o seu amor próprio, quem não se deixa ajudar!
Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos trajectos, quem não muda de marca, não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece.
Morre lentamente quem faz da TV o seu guru.
Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o negro sobre o branco e os pontos sobre os i's em detrimento de um remoinho de emoções..Justamente as que resgatam o brilho dos olhos, sorrisos dos bocejos, corações e sentimentos.
Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não se permite pelo menos uma vez na vida fugir de conselhos sensatos.
Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da sua má sorte ou da chuva incessante.
Morre lentamente quem abandona um projecto antes de iniciá-lo, não pergunta sobre um assunto que desconhece ou não responde quando questionam sobre algo que sabe.
Evitemos a morte em doses suaves, recordando SEMPRE que estar vivo exige esforço MUITO maior que o simples facto de respirar..!!!

By Pablo Neruda

6 comentários:

manuela disse...

concordo plenamente... j]a conhecia esta mensagem de Neruda, mas tem gra;a que nunca a tinha colocado nos blogges. ]E desta, n\ao me leve a mal , mas ]e que gosto mesmo muito e toca/me profundamente nesta altura da minha vida. Bem Haja! Desejo/lhe Um Grande Ver\ao!

Dalila disse...

Luv it!

Joana disse...

e eu reforço com as palavras de António Variações:

"Muda de vida se não vives satisfeito,
Muda de vida se há vida em ti a latejar"

Ana disse...

Não conhecia... mas deixa-me dizer-te que gostei muito, e não podia estar mais de acordo!

beijinhooos!

manuela disse...

... Não com o objetivo de fazer um Post Igual... mas, e apenas porque já conhecia a mensagem em diapositivo, do tempo em que o blog ainda nem existia...apesar de no meu subconsciente ela ter ficado gravada,foi muito bom voltar a senti-la no consciente e daí a ter colocado no blog mas com a minha composição.
Obrigada pelo comentário querida.
Bem Hajas. Um Grande Verão para ti*

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Ah pois é, entao toca a viver intensamente cada coisa, até o sabor do gelado, o conforto dos sapatos e a lavagem do cabelo, yes??? jokas!

 

blogger templates | Make Money Online